Friday, July 18, 2008

leituras

Estive esta manhã a ler a revista CAIS e constatatei que esta revista tem cada vez mais valor, porque além da missão que tem, os seus conteúdos são ricos e interessantes.

Fartei-me de rir com as palavras que a seguir transcrevo. A palavra é mesmo intemporal:

"Certo dia escreveu Eça de Queirós ao seu amigo Ramalho de Ortigão: "O que eu quero fazer é dar um grande choque eléctrico ao enorme porco adormecido (refiro-me à pátria). Você dirá:
- Qual choque! Oh! Ingénuo! O porco dorme: podes-lhe dar quantos choques quiseres em livros que o porco há-de sempre dormir. O destino mantém-no na sonolência, e a murmurar-lhe: dorme, dorme meu porco."

2 Comments:

At 5:53 PM, Blogger Romeiro said...

boa Aninhas, viva a CAIS!
Como Eça sabia que o signo chinês correspondente a Portugal é o Javali (porco)????

 
At 5:51 PM, Blogger Aninhas said...

cheira-me que ele sabia isso e muito mais ;-)

 

Post a Comment

<< Home