Wednesday, November 11, 2009

O 3 ao contrário no palacete de Sintra












"Não para alimentar ideias, como ‘dizeria’ alguém há uns tempo, até porque o não merece, mas à laia de ilustração de quem o merece, aqui fica uma pequena nota: Aqui vai a explicação do nº3. ao contrário em Sintra:

Em Portugal costuma dizer-se que a ignorância é a mãe do atrevimento...Sintra, foi terra de Templários, Maçonaria, Priorados e Orgias.Ao que parece o facto de o nº. se encontrar ao contrário era um sinal para pessoas de fora identificarem o local do culto secreto. " Já que está a ter tanta visibilidade (o vídeo da Maitê Proença), seria bom lembrar que aquela porta pertence ao antigo Hotel Victor - frequentado por Eças,Camilos, Ramalhos e outros grandes intelectuais do Séc.XIX e que como é sabido, surge inclusivamente, retratado nos Maias.

É também de recordar que quem o mandou construir foi o Victor Sasseti, dono do Hotel Bragança, em Lisboa, maçon e grande amigo de António Carvalho Monteiro e do Luigi Manini, que lhe fez o projecto do Cottage Sasseti, na encosta dos Mouros, agora propriedade da Câmara.

Claro que o Sasseti pôs o número ao contrário de propósito!Nesta «vilazinha» tudo tem certo espírito secreto.Pena a senhorita não arranjar ninguém que lhe explique a simbologia do três...

O três invertido, tal como o triângulo invertido (1), representa o princípio masculino.O número três, como o cinco ou o sete, tem importantes conotações maçónicas (por exemplo, os três símbolos da Maçonaria são o Esquadro, Nível e o Fio de Prumo).

Três são também as Graças, como se pode ver no painel da Regaleira.Já para não falar da triplicidade do tempo (passado, presente e o futuro) e de outras coisas que davam pano para mangas."

Ou ainda: "O número 3 invertido passa a ser um "E", e é chamado de "poder do 3".Esta letra representa o olho (de Hórus).Simboliza Marte. Representa talento. Representa guerra. Representa também a Estrela de David.O 3 invertido é ligado ao aliviar de stress e ansiedade.

Uma técnica de oratória para controlo dos ouvintes muito usada pela Maçonaria é usar este poder do 3 invertido ou olho, dividindo a oratória em 3 tópicos, pois o cérebro de quem ouve assimila melhor do que se for em 2 ou 4.Aquela placa de 3 invertido poderá unicamente representar uma moradia Judaica, uma forma de dizê-lo ao mundo sem que a maioria das pessoas entendam."

Conforme um excerto do site "Síndrome de Estocolmo - Agora na Coreia do Sul"

1 Comments:

At 12:39 PM, Anonymous Lotus said...

E agora e embrulha é Meita Proença! Esta foi de borla! :P

 

Post a Comment

<< Home