Wednesday, June 09, 2010

(...)

e depois....

"Não conseguia falar;
por isso mantive-me em silêncio,
a única linguagem do coração."

3 Comments:

At 11:50 PM, Blogger RPV said...

infelizmente... sociedades que acorrentam corações... ou voltando atrás a reflexões previamente publicadas, serão corações no seu triste conforto sem revelar inconformismo?
Não terá ao invés o coração, a capacidade de se revelar o mais hábil poliglota?!

 
At 10:45 AM, Blogger Aninhas said...

Obrigada pelas suas palavras.
É irónico como encontramos conforto nas palavras de um estranho.
Só lhe posso dizer que esta sociedade do "sexo e da cidade" me deixou à beira da náusea.
Um coração livre e naif sabe que deixar-se acorrentar é uma armadilha...agora inspirou-me na liberdade :-)

atenciosamente
ana

 
At 10:15 PM, Blogger RPV said...

This comment has been removed by a blog administrator.

 

Post a Comment

<< Home