Wednesday, June 09, 2010

inspirações!

e porque de facto este livro é um tesouro espiritual :-)

"
Sobre a Paz

O amor ao ego, meu irmão, cria disputa cega, e a disputa provoca conflito, e o conflito gera autoridade e poder, que são as causas da luta e da opressão.

Sobre a Mulher

O coração de uma mulher não muda com o tempo ou as estações; ainda que morra para sempre, nunca deixa de existir.

(...)

Então olhou-me, e com o meio-dia dos Seus olhos sobre mim, disse: "Tens muitos amantes, mas só Eu te amo. Os outros homens amam-se a si próprios em ti. Eu te amo. Os outros homens amam-se a si próprios em ti. Eu amo quem tu és. Os outros homens vêm em ti uma beleza que perecerá antes que os anos passem. Mas Eu vejo em ti a beleza que não perece, a beleza que no Outono dos teus dias não receará olhar-se no espelho, a beleza que não será ferida.
"Só eu vejo em ti o que não se vê."

(...)

A dúvida é uma dor
demasiado solitária para saber
que a fé é sua irmã gémea.

(...)
A fé é um conhecimento do coração,
fora do alcance da prova.

(...)
Tu, homem,
querias ver o mundo com os olhos de Deus,
e através do pensamento humano conhecer
os segredos do além?

Tal é fruto da ignorância.

(...)
Sob este ego oprimido vive o meu ego livre; e, para esse,
os meus sonhos são uma batalha ao nascer do Sol, e os meus desejos são o chocalhar de ossos.
Demasiado jovem e violento me encontro ainda para ser o meu ego livre.

Como posso ser esse ego livre sem dizimar os egos oprimidos, ou sem que todos os homens sejam livres?
Como voarão as minhas folhas, cantando ao vento, sem que as minhas raízes definhem na escuridão?
Como planará contra o Sol a águia em mim sem que as minhas crias deixem o ninho que para elas construí com o meu próprio bico?"

(...)

Khalil Gibran
Um Tesouro Espiritual

0 Comments:

Post a Comment

<< Home