Saturday, July 24, 2010

24 de Julho - Dia da minha Terra - Lourenço Marques

Em homenagem aqui fica um poema de um Moçambicano, Virgilio de Lemos que encontrei no universo net:


"A Ilha e e o Segredo

Visão
colada à bruma
no infinito ponho
do rosto do eterno
a transparência Persa negro e branco
cabaias e cofiós
de seda e linho,
em pontilhado, aurora
minha utopia que sangra.

Nos mármores róseos
da fortaleza
tua consciência, livre
recria o nada.

(1952)"

0 Comments:

Post a Comment

<< Home