Wednesday, November 30, 2011

Radiohead - ALL I NEED

Tuesday, November 29, 2011

Cada um cumpre o destino que lhe cumpre

"
Cada um cumpre o destino que lhe cumpre,
E deseja o destino que deseja;
Nem cumpre o que deseja,
Nem deseja o que cumpre.

Como as pedras na orla dos canteiros
O Fado nos dispõe, e ali ficamos;
Que a Sorte nos fez postos
Onde houvemos de sê-lo.

Não tenhamos melhor conhecimento
Do que nos coube que de que nos coube.
Cumpramos o que somos.
Nada mais nos é dado"

RR

Sunday, November 27, 2011

FADO Património da Humanidade


Parabéns Portugal!

Saturday, November 26, 2011

I'm just killing time

Radiohead - Lotus Flower

dive for dreams

"trust your heart
if the seas catch fire
(and live by love
though the stars walk backward) "

Thursday, November 24, 2011

mercúrio retrógrado

Wednesday, November 23, 2011

Crise

...

"I've given all I can
it's not enough
(...)
And for a minute there, I lost myself, I lost myself"

Tuesday, November 22, 2011

O casamento entre a democracia e o capitalismo acabou

ler aqui

o capitalismo é o titanic e os políticos são a sua orquestra
mas e a democracia, alguma vez houve democracia?

Monday, November 21, 2011

oo

"
Minha janela deita para a Névoa
E a névoa é tudo, e o Universo ao meio. —
Se me procuro, nos meus olhos leio
A hora virtual e em mim elevo-a.
Minha tristeza, devo-a
Ao ritmo essencial do meu enleio.

Que sentido têm frases, se o poente
Há mesmo nas palavras como um lago.
Ao colo do meu espaço interior trago
Um sonho eterno adiado para doente.
A hora passa rente
Ao meu íntimo dia sempre aziago.

Ah, a ilha deserta, em mar, ao fundo
Da minha consciência!
E entre nós dois a imprecisão do mundo. "

FP

...

palavras mudas
em silêncio calam
um desejo rasgado

Saturday, November 19, 2011

ausência

"
Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua
Por maior que seja o desespero

Nenhuma ausência é mais funda do que a tua."

...



Eu preciso dizer que te amo... Cazuza & Bebel

Friday, November 18, 2011

Antes de haver meu e teu, havia amor

“Antes de haver meu e teu, havia amor, porque eu amava-vos a vós e vós a mim: mas tanto que o meu e teu se meteu de permeio, e se atravessou entre nós, logo se acabou o amor; porque vós já me não amais a mim, senão o meu, nem eu vos amo a vós, senão o vosso. No princípio do mundo, como gravemente pondera Séneca, porque não havia guerras ? Porque usavam os homens da terra como do céu. O sol, a lua, as estrelas e o uso da sua luz é comum a todos e assim era a terra no princípio: porém depois que a terra se dividiu em diferentes senhores, logo houve guerras e batalhas e se acabou a paz, porque houve meu e teu”

Padre António Vieira, Sermão da Segunda Dominga da Quaresma, Sermões, III, p.70.

Thursday, November 17, 2011

Since you´ve been gone

Sensações

"(...) sentir-se terra é perceber-se dentro de uma complexa comunidade de outros filhos e filhas da Terra. A Terra não produz apenas a nós, seres humanos. Produz a miríade de micro-organismos que compõem 90% de toda a rede da vida, os insetos que constituem a biomassa mais importante da biodiversidade. Produz as águas, a capa verde com a infinita diversidade de plantas, flores e frutos. Produz a diversidade incontável de seres vivos, animais, pássaros e peixes, nossos companheiros dentro da unidade sagrada da vida porque em todos estão presentes os vinte aminoácidos que entram na composição da vida. Para todos produz as condições de subsistência, de evolução e de alimentação, no solo, no subsolo e no ar. Sentir-se Terra é mergulhar na comunidade terrenal, no mundo dos irmãos e das irmãs, todos filhos e filhas da grande e generosa Mãe-Terra, nosso lar comum"

Leonardo Boff, "Ecologia e ecoespiritualidade", Petrópolis, Vozes, 2011, pp.78-79.

às vezes consigo sentir-me assim, um com o planeta

Wednesday, November 16, 2011

:-)



À meia dúzia é mais barato

Vem esta frase a propósito de 3 coisas:

1. Obrigada Selecção! Tinha de ser sofrido senão não eramos nós, mas na verdade nunca deixei de acreditar.

2. Tenho passado um tormento aqui no Brasil com o número 6. Na verdade o tormento sou eu que o escolho passar pois de teimosa que sou não vergo e recuso-me a chamar de meia a um número que em bom português se denomina de seis. É então que oiço pela enésima vez a história da meia dúzia, e eu sempre pergunto: - E a meia dezena? E a meia centena? Acaso é seis? Não, pois não, então guardem a meia para o pé que o número continua a ser seis. Até o número da besta aqui é meia, meia, meia. Cristo!

O tormento é sempre que chamo um táxi e tenho de repetir o meu número de telefone, lá vem o silêncio após a verbalização do número seis e a pergunta de sempre: - Sete? E a resposta de sempre: - SEIS!!! .... Sete??!! ..... Seis, senhora, eu disse SEISSSSSS!!!! Irra!

3. E porque o seis leva ao três... Ou por outra, o ponto anterior leva a um ponto sobre o bom português. Não foi à toa que coloquei no início do título o "À", é que ultimamente e em especial lá pelos reinos do FB só vejo mau português. No meu tempo de escola, um acento errado era um erro, ontem ouvi alguém que lhe chamou uma gralha sem importância. Assim, hoje, parece que poucas pessoas distinguem o verbo haver em que o acento sim é "há" da preposição "à". Haja paciência!

É por essas e por outras que aqui no Brasil, se diz mim em vez de eu, e "Tem café na cozinha" como se a cozinha fosse um sujeito, em vez de "Há café na cozinha". Pior mesmo que falar mal é não entender quando alguém fala correctamente.
Enfim, metam o vosso acordo num sítio que eu cá sei, que quem o acordou segue a passos largos o caminho dos Brasileiros: tomar como correcto aquilo que se torna comumente aceite. Pois eu vos digo, podem repetir um erro mil vezes, que nunca será verdadeiro!

... parece que hoje acordei um pouco intolerante....que me perdoem aqui os meus irmãos...mas é tolerando os erros que se caminha para a extinção.

Tuesday, November 15, 2011

...

"Quem voltando a fazer um caminho velho,
aprende o novo.
Pode considerar-se um mestre."

Confúcio

ooooo

dor
que
desatina

Sunday, November 13, 2011

Levantado do Chão

"Há quem tenha o sono pesado, há quem o tenha leve, há quem ao adormecer se despegue do mundo, há quem não saiba estar senão deste lado e por isso sonha."

JS

Hebreus 11

"A fé é um modo de já possuir aquilo que se espera, é um meio de conhecer realidades que (ainda) não se vêem."

Saturday, November 12, 2011

...

"Tombei...
E fico só esmagado sobre mim!..."

MSC

Thursday, November 10, 2011

...

"O mar sem fim é português"

FP

Garrett McNamara apanhou onda com quase 30 metros na Nazaré


Não é todos os dias!

Tuesday, November 08, 2011

madredeus - haja o que houver

Monday, November 07, 2011

oo

Aqui
um oceano de prata
que se estende
Acolá
um coração de oiro
que se esconde

...

"Não ter emoções, não ter desejos, não ter vontades,
Mas ser apenas, no ar sensível das coisas
Uma consciência abstracta com asas de pensamento,
Não ser desonesto nem não desonesto, separado ou junto,
Nem igual a outros, nem diferente dos outros,
Vivê-los em outrem, separar-se deles
Como quem, distraído, se esquece de si…"

FP (AC)

Sunday, November 06, 2011

Nina Simone - Wild Is The Wind (Original)

Friday, November 04, 2011

Na tua mão



Wednesday, November 02, 2011

an ocean away